Inicio » , , , , » Aprenda como montar Laje Pré-Moldada e Pré-Fabricada!

Aprenda como montar Laje Pré-Moldada e Pré-Fabricada!



NIVELAMENTO

Para uma correta montagem da laje pré-moldada, devemos seguir alguns itens de extrema importância. Primeiramente devemos observar cuidadosamente o nivelamento das vigas de apoio da laje, para que haja uma correta e uniforme distribuição de cargas sobre a estrutura.


ESCORAMENTO
Este é o primeiro passo, e uma das etapas mais importantes da execução da sua laje pré-moldada. Devendo ser executado antes da colocação das vigotas, observando sempre se o piso está firme, ou utilize sempre pedaços de madeira para uma melhor distribuição no solo. 

Todos os vãos acima de 1,30 m devem ser escorados com linhas de escora colocadas no sentido inverso ao apoio das vigas.
Utilize tábuas de 30 cm em pé apoiadas em pontaletes com dimensão de 3" x 3". Os pontaletes devem ser distanciados e contra-ventados a 1,5 m cada.


CONTRA-FLECHA
É uma elevação na linha de escora central. Este recurso é utilizado para prevenir, e compensar possíveis deformações, devido à ação da laje. Este eficiente procedimento garante o nivelamento da laje após a retirada do escoramento. A contra-flecha, Deve ser aplicada na fase de execução do escoramento.


MONTAGEM DA LAJE

Distribua as vigas de cada vão de acordo com o tamanho e o sentido indicado na planta de montagem que acompanha o material. 



É necessário que estas vigas apoiem no mínimo 5 cm sobre as paredes. Inicie a montagem com o elemento intermediário ( cerâmico ou EPS ) junto das extremidades e prossiga colocando uma viga a cada intervalo. Esteja atento para não deixar folgas e mantenha a distribuição no esquadro.


Após o término da montagem, marque os pontos de luz com a colocação da peça pré-moldada para o ponto de energia, que substitui uma peça de cerâmica, e se EPS, coloca-se a caixa de ponto de luz cortando o EPS no local exato. Atenção para não caminhar diretamente sobre as lajotas. Utilize tábuas para transitar sobre a laje até a concretagem, a fim de evitar acidentes, quebras e desperdícios indesejáveis.


NERVURA DE TRAVAMENTO
Tem a função de proporcionar estabilidade a laje e reduzir a possibilidade de deformações. Seu uso se faz necessário nos vão livres superiores a 4,0 m.

A utilização de nervuras transversais é importante sempre que haja concentração de cargas como: paredes sobre a laje, ou conforme exigência do projeto.

ARMADURA DE DISTRIBUIÇÃO (MALHA)
Deve ser utilizada em todas as laje. A ferragem deve ser distribuída no sentido transversal às vigas com ferros na bitola minima 4.2 espaçadas no máximo a cada 23 cm ou 5.0 espaçadas no máximo a cada 30 cm. Esta armadura é importante pois distribui a carga sobre a laje e evita fissuras na capa de concreto.


FERRAGEM NEGATIVA
A ferragem negativa deve ser distribuída no mesmo sentido das vigas e utilizada para garantir o apoio das vigas tanto nas laterais como nos apoios intermediários formando a continuidade nos encontros das vigas. Deve ser utilizada sempre que houver cargas concentradas ou balanços na laje.


CONCRETAGEM
Nesta fase, de extrema importância, deve-se fazer uma análise de todas as etapas anteriores, para verificar possíveis falhas. 

Comece molhando bastante a laje já montada, se possível faça a concretagem das vigas da estrutura juntamente com a laje. Espalhe bem o concreto de modo a preencher todos os espaços vazios, principalmente nos encontros, observando para que o concreto entre em contato com as cintas e vigas, garantindo uma solidez do conjunto.

Depois de pronta, molhe regulamente durante cinco dias. Isso garante a hidratação do concreto.


COMO FAZER O CONCRETO PARA A LAJE


RETIRADA DO ESCORAMENTO
Deve ser retirado 21 dias após a concretagem. 

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial

Receba no seu e-mail!

Curta a página!