Inicio » » Ações do Vento em Edificações e seus efeitos!

Ações do Vento em Edificações e seus efeitos!

ações do vento em edificações

Em estruturas esbeltas, que são estruturas sensíveis aos efeitos da não-linearidade geométrica, a ação do vento é uma das ações mais importantes para se determinar o projeto de estruturas. 

A maioria dos acidentes ocorrem em estruturas leves, de grandes vãos livres e pasmem, em coberturas com inclinações entre 8° a 12.º, uma das mais usadas na arquitetura.

Principais causas de acidentes pela ação do vento


  • Fundações inadequadas;
  • Contraventamento insuficientes;
  • Falta de ancoragem das terças;
  • Deformabilidade da edificação;
  • Paredes irregulares.
Para entender melhor essas ações em estruturas metálicas por exemplo, seriam necessários conhecer alguns itens essenciais, como:

1- A pressão dinâmica ou de obstrução que está relacionado com a velocidade do vento e outros fatores;
2- Determinar as forças estáticas devido ao vento que está ligada a diferença de  pressão nas lados opostos das edificações.
3- Coeficientes de pressão e de forma externos  para edificações de formas variadas.
4- Coeficiente de pressão interno que considera as condições de atuação do vento nas partes internas de uma edificação.

Efeitos da ação do vento em edificações


A ação do vento em estruturas flexíveis e esbeltas, em destaque as com baixa frequência natural de vibração, os efeitos devem ser considerados.
Veja abaixo alguns efeitos dinâmicos:

Efeito de golpe na edificação


ação do vento golpe edificação

Drapejamento


Oscilações na construção devido a rajadas fortes de vento.


ação do vento drapejamento edificação

Galope


Movimentação da forma e edificação


ação do vento galope em edificação

Desprendimento de vórtices


Sendo responsável por vibrações prejudiciais e aumentando o coeficiente de arraste.


ação do vento desprendimento de vórtices em edificação

Lembre-se sempre de priorizar fixações e ganchos, além de consultar a NBR 6123/1988 (forças devidas ao vento em edificações) e um profissional qualificado. Ah e fique tranquilo sua mulher de 1.50 m não sairá voando por ai ;).

Créditos:  Cedac Cursos e Instagram @rauldaengenharia

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial