Inicio » , , , , » LAJE DE ISOPOR - Vantagens e como montar o EPS!

LAJE DE ISOPOR - Vantagens e como montar o EPS!



O bloco feito com um isopor resistente fica como base e suporta bem, tanto quanto o tijolo ou o concreto. 

Uma peça de isopor ocupa sozinha o espaço que cinco lajotas tradicionais e aguenta até 370 kg por metro quadrado. Outra vantagem é o peso dele, que pode chegar até 70% menos do que o material tradicional. 

Já que uma única peça de isopor pode ocupar o espaço de até cinco lajotas, é vantagem comprar ou o preço é muito alto? 
O custo em reais é equivalente. O maior ganho de quem opta pelas lajes de isopor vem depois: construção mais rápida e melhora do desempenho acústico e térmico da construção.


 

O isopor isola o frio ou o calor do lado de fora e mantém o interior da casa com uma temperatura mais agradável. Além disso, as peças de isopor são fáceis de carregar e pesam menos na estrutura da obra. 

Como se vê, o custo-benefício das lajes de isopor deve ser seriamente avaliado na hora de construir o teto da sua casa.

Principais Vantagens das Lajotas de Isopor:

  • Excelente para isolamento térmico
  • Transporte facilitado
  • Economia em concreto e aço
  • Mais resistência em relação à quebra
  • Mais leve: facilita o manuseio e torna a obra mais rápida e econômica
  • Produto ecologicamente correto:
  • Não degrada a natureza
  • Produção sem emissão de CFC
  • EPS é totalmente reciclável

Como fazer construção com lajotas de isopor:

Vigotas: todas as medidas devem ser informadas no projeto como: tamanho, comprimento etc.

Projeto do escoramento: o escoramento, apesar de ser uma estrutura provisória, é muito importante. Porém, durante a montagem, ela é usada com vigotas (treliçadas ou comuns) e concretagem. No caso do escoramento, o mesmo deve estar bem travado e apoiado sobre o solo rígido durante todo o período de cura.

Montagem: Comece a montagem da laje com a 1ª e a 2ª vigotas e, logo depois, uma fileira de lajotas de EPS. Coloque o restante das vigotas usando as lajotas de EPS nas extremidades para espaçá-las corretamente e complete depois os espaços que restam. Deixe as lajotas presas nas vigotas, encaixadas bem firmes, não deixando espaços para aberturas, evitando, assim, escorrimentos de nata de cimento. Sempre usar tábuas ou qualquer tipo de passarela sobre as vigotas para fazer a montagem da laje, pois não é indicado pisar diretamente sobre as lajotas de Isopor.

Tubulações e conduítes: para fazer o corte do EPS, use um instrumento afiado que pode ser uma faca, um serrote ou até um soprador de ar quente para fazer a passagem para embutir a tubulação hidráulica e os conduítes.

Cuidados: Durante a concretagem, ande sobre tábuas apoiadas nas vigotas e não acumule grandes montes de concreto localizado para não sobrecarregar as vigotas e as lajotas em EPS.
O procedimento de vibração do concreto, cura e retirada do escoramento deve ser feito de acordo com o projeto feito pelo engenheiro da obra.
A superfície uniforme permite que o revestimento tenha espessura mais homogênea e evita desperdícios.


Veja também: Como construir uma laje corretamente.

A aplicação do revestimento na laje deverá ser iniciada somente após o término da colocação do telhado ou da impermeabilização da laje porque a água da chuva pode danificar o revestimento.
Para revestir a laje, pode-se usar o revestimento convencional de argamassa para chapisco, argamassa para esboço e também massa grossa ou revestimento com gesso.

Veja o vídeo abaixo que mostra como fazer a montagem da laje de isopor EPS:


0 comentários :

Anterior Proxima Página inicial

Receba no seu e-mail!

Curta a página!