Como funciona Solda Mig/Mag e como soldar, Passo-a-passo!


 fazendo solda mig mag

Iremos falar um pouco sobre a solda MIG - MAG. Vamos mostrar como ela funciona e como soldar usando esse tipo de processo.

No processo de soldagem ao arco elétrico com gás de proteção (GMAW, Gas Metal Arc Welding), que também é chamado de solda Mig/Mag, onde MIG significa Metal Inert Gas e MAG significa Metal Active Gas, o eletrodo consumível em forma de arame é alimentado continuamente  e o metal de base é protegido por um gás de proteção.

Como funciona a solda MIG-MAG


O arco elétrico funde o arame (eletrodo nu consumível) continuamente, alimentando a poça de fusão em forma de gotas. O fluxo de gás inerte, ativo ou mistura de gases faz a proteção do metal de solda da contaminação do ar atmosférico.
Esse gás é injetado durante todo o processo de soldagem através de uma pré-regulagem da tocha de solda ou bocal da pistola.

A solda MIG/MAG pode ser feita de forma semiautomática ou automática, sendo que no processo semiautomático a pistola alimenta automaticamente o eletrodo nu consumível. O controle de ângulo de trabalho, deslocamento, inclinação da pistola, comprimento do arco, técnica de deposição e velocidade é tudo controlado pelo soldador.
Já no processo automático, a operação é controlada pelos comandos ajustados pelo soldador.

Vantagens da solda MIG/MAG


Suas vantagens em relação a solda TIG, eletrodo revestido e arco submerso são:

  • Não tem necessidade de remoção da escória, basta ser feita uma limpeza simples;
  • É indicado para soldar todos os metais, como: aço carbono, aço liga, inox, alumínio, níquel, cobre, etc.
  • O eletrodo não tem comprimento limitado como o eletrodo revestido;
  • Pode soldar em todas as posições, diferentemente do arco submerso;
  • Não ocorre perda de pontas;
  • Bem mais rápido que os outros processos de solda;
  • Taxas de deposição maiores que as do eletrodo revestido. Recomendo que leia também: passo-a-passo da solda com eletrodo revestido.
  • Menor distorção das peças;
  • Aberturas largas são preenchidas com maior eficiência;
  • Como a alimentação do arame-eletrodo é contínua, não é necessário fazer paradas e reinícios;
  • O processo pode ser automatizado;
  • Solda de excelente qualidade e acabamento;
  • Baixo custo do arame consumível e da operação.

Equipamentos necessários para a soldagem

  1. Painel de controle;
  2. Tocha de soldagem ou pistola;
  3. Fonte de energia;
  4. Cabeçote para alimentação do arame;
  5. Mangueiras e cabos;
  6. Bobina de eletrodo ou arame;
  7. Fonte de suprimento regulada de gás de proteção.

Passo-a-passo de como soldar com MIG - MAG

Faça a inspeção de todo o equipamento, verificando as condições da tocha de soldagem, bocal, bico e difusor. Limpe todos esses itens, removendo os resíduos da soldagem anterior.

bico tocha solda mig mag

Faça a regulagem do equipamento conforme recomendação do fabricante quanto a tensão, velocidade do arame, espessura da chapa a ser soldada e a pressão do gás de proteção. Faça testes em um retalho de chapa.

Limpe bem a área que será soldada, removendo todas as impurezas, tinta, ferrugem e óleo para não dificultar a arco elétrico e uma má qualidade da solda.

No caso de soldagem de peças muito finas, não é recomendado fazer cordão de solda, pois o calor excessivo pode deforma-la. O mais recomendado nesse caso são os pontos intercalados.

A vazão de gás de proteção deve ser regulada em 10 vezes o diâmetro do bitola do eletrodo, ou seja, um arame de diâmetro 0,8 milímetros, a vazão do gás deve ser de 8 litros por minuto.


Coloque os equipamentos de proteção individual (EPI). O indicado para esse trabalho é o uso de máscara de solda com lente de proteção, abafador de ruídos, mangotes, avental, botas, óculos de proteção, luvas de couro, perneiras e máscara de proteção respiratória.

Feito tudo isso, chegou a hora de começar a soldar!

Prenda o alicate terra em algum ponto da área de soldagem.

alicate terra solda

Abra o arco elétrico encostando o eletrodo em um ponto da peça ou em um retalho de chapa.

Ponteie as duas extremidades das chapas que estão sendo soldadas para deixa-las mais firmes e evitar que se desloquem durante o processo.

Faça a solda da peça movendo a pistola para a direita e para esquerda (zigue-zague), e puxando para trás ou para frente como se fosse fazer um Z, mantendo sempre o arame na poça de fusão. 
Dessa forma, a temperatura da peça é regulada, não faz furos, não sobrepõe o cordão de solda, cobre bem o local e tem um bom acabamento.

zigue zague solda mig mag

Pronto! Se você seguir os passos acima, não terá problema durante a soldagem e fará um ótimo serviço.
Se gostou das dicas, não deixe de compartilhar com quem pode se interessar pelo assunto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Distância entre Pilares ou Coluna (vão)

Aprenda como tirar o esquadro de um terreno!

TRAÇO DE CONCRETO: o que é e tabelas com quantidade de material!

Medidas dos Canos de PVC: saiba a Bitola dos Tubos!