110 Volts ou 220 Volts - Saiba porque existe diferença de tensão em alguns estados.


estados 110 volts ou 220 volts

Em algumas regiões do Brasil o padrão de tensão da energia elétrica é 110 V e outros locais é 220 V e isso acaba gerando confusão. Você sabe o porque dessa diferença e em quais estados são utilizados cada tipo de padrão?

Se sua resposta for não, acompanhe a matéria do blog Meia Colher até o final que iremos esclarecer isso para você.

Você já deve ter comprado ou tentado comprar algum aparelho eletrônico ou eletrodoméstico e se frustrou ao saber que a tensão do equipamento era diferente da que tem na sua casa.

Tem também o caso de que quando vamos viajar e levamos os nossos aparelho para outro estado, a tensão não bate e acabamos sem poder fazer uso da energia do local.


Porque algumas regiões são 110V e outras 220V?

Primeiro você precisa saber que o padrão dos outros países do planeta não são todos iguais, eles e dividem em 110 e 220, dependendo do continente.

Em quase todo o continente americano é usada a voltagem de 110 volts, já no continente europeu (na Europa), continente africano (África) e na Ásia, a maioria opta por utilizar o padrão de 220 volts.

Então, no Brasil ocorre essa diferença de voltagem ou tensão na rede elétrica entre 110 V e 220 V devido a origem das empresas que fizeram a instalação das redes elétricas no país entre os séculos XIX e XX.

Então, se a empresa escolhida para fazer a instalação da rede elétrica de uma região do país era americana, provavelmente utilizou os 110 volts de tensão. Já se a empresa escolhida para outra região fosse europeia, a padrão de energia utilizado provavelmente seria os 220 volts.

rede eletrica transmissao

O que acontece se ligar um aparelho de 110 V na tensão 220 V ou aparelho de 220 V na tensão 110?

Se você chegar num local e sem perceber ligar um aparelho de 110 volts numa rede de 220 volts, corre o risco de danifica-lo , ou seja ele pode queimar e não funcionar mais. Prepare-se para leva-lo ao conserto ou jogar fora se não valer a pena o conserto.


Agora, se você ligar um aparelho 220 numa rede de 110, o risco de acontecer algo ruim é quase zero. Normalmente, o que realmente acontece é que o equipamento não funcionará direito, pois a tensão que ele precisa para funcionar é metade da necessária.
Por exemplo: se você ligar um secador de cabelo ou uma furadeira, eles quase não terão potência para entregar.

Veja abaixo quais a tensão ou voltagem da rede elétrica de cada estado do Brasil, onde é 110 V e onde é 220 V.

tensao voltagem eletrica dos estados

Então, sempre fique atento ao comprar um produto novo ou viajar para outra região do país, ficando atento à voltagem da rede elétrica local. Dessa forma você evitará algumas dores de cabeça.

Se gostou da matéria, não esqueça de compartilhar para que mais pessoas saibam disso.

Comentários

Anônimo disse…
Então a única diferença é a empresa de instalação, nenhum padrão técnico foi adotado apenas as empresas que escolhiam a tensão e pronto!
Anônimo disse…
kkkkkkkkkkk
Não me convenceu.
Cesar disse…
nõ é uma postagem que poderiamos dizer : de referencial... Não me convenceu também
Fernando Sandrin disse…
que reportagem, ou seria um post: tão raso???!! impressionante onde um veículo como já foi o UOL deixa amadores postar algo assim. Estou chagando ao limite de manter e pagar o meu e-mail como UOL
Anônimo disse…
Impressionante como se explica algo deveras técnico de uma forma tão simplista e sem conteúdo .

Será q antes de colocar tantas besteiras na mídia ñ seria o caso de conversar com um engenheiro eletricista de verdade e ñ um pro mero eletricista?
Anônimo disse…
o mapa esta errado p bahia
Anônimo disse…
O ruim da Internet, é que qualquer idiota posta uma bobagem sem fundamento, como se fosse uma verdade.
Anônimo disse…
A resposta está na escolha feita pelas companhias elétricas, pois foram elas as responsáveis por montar suas redes elétricas e elas é que escolheram qual seria a tensão, a escolha que hoje parece fácil foi tomada anos atrás onde tinha muita preocupação com o tema segurança e, por isso, uns defendiam o sistema de corrente contínua (DC) 110V, que apesar de ser mais seguro, apresentava menor eficiência. Em quanto outros defendiam o sistema de corrente alternada (AC), ou seja, com 220V ou 380V, porque ele é capaz de levar a energia para uma distância muito maior.No entanto, o problema é que como faz uso de uma tensão mais alta, era preciso investir mais para evitar acidentes. Logo, foi em 1880 aproximadamente que as diferenças entre as tensões surgiram.

Ou seja, cada estado ou concessionaria de energia adota um nível de tensão diferente, tensão essa entre fase-fase e fase-neutro. Isso quer dizer que em algumas cidades brasileiras faz-se necessário o uso de um transformador para adequar os níveis de tensão da rede elétrica com os eletrodomésticos, motores, inversores, entre outros equipamentos sejam eles para uso residencial ou industrial.

Postagens mais visitadas deste blog

Tipos de BRITAS e diferenças da 0, 1, 2 e 3, 4, 5, pedrisco...

Medidas dos Canos de PVC - Saiba a Bitola dos Tubos!

Saiba qual a medida e como fazer a massa para reboco!

TRAÇO DE CONCRETO - O que é e tabelas com quantidade de material!

Como resolver TRINCAS NA LAJE - Aprenda passo-a-passo!