Lajes de Concreto Armado: tipos, vantagens e como fazer!


apostila de lajes de concreto armado pdf

Explicarei o que é uma laje de concreto armado, quais são as suas vantagens em relação as outras e como fazer essa estrutura com um passo a passo completo e bem explicado para você colocar em prática na obra.

O que é laje de concreto armado?

É uma estrutura plana utilizada como cobertura ou piso, constituída por uma camada de concreto reforçada com barras de aço (armadura). Essas barras são dispostas em uma disposição específica para distribuir as cargas que a laje está suportando de forma uniforme e garantir sua estabilidade e resistência. 

As lajes de concreto armado são comumente usadas em edifícios, pontes e outras estruturas de concreto que necessitam suportar muito peso ou carga.

Tipos de laje de concreto armado

Existem diferentes tipos de lajes de concreto armado, como: lajes maciças, lajes nervuradas, lajes alveolares e lajes pré-fabricadas. Cada tipo possui características específicas e é utilizado para atender a diferentes necessidades de projeto.

Além disso, existem diferentes tipos de disposição de armadura, cada um com sua finalidade, como a disposição de armadura de contorno para resistir a cargas maiores, disposição de armadura retangular para distribuir as cargas e a disposição de armadura em formato de cruz para aumentar a estabilidade.

Lajes maciças

As lajes maciças de concreto armado são uma das principais tipos de lajes utilizadas em construção. Elas são constituídas por uma camada única de concreto reforçado com armadura. São geralmente utilizadas como lajes de cobertura ou piso, e são projetadas para suportar cargas concentradas em pontos específicos, como colunas ou pilares.

Uma das principais vantagens das lajes maciças é a sua simplicidade de projeto e construção. Além disso, elas são menos suscetíveis a falhas devido a erros na disposição da armadura, e fornecem uma boa relação custo-benefício.

Elas são projetadas com base em cálculos estruturais que levam em conta as cargas aplicadas, as condições de apoio, a espessura da laje e a resistência do concreto e do aço. A espessura geralmente é selecionada baseando-se em requisitos de carga e resistência.


A armadura é disposta de maneira a distribuir as cargas de forma adequada e a garantir a estabilidade da laje. É comum o uso de armadura superior e inferior, dependendo de carga e projeto. Ela pode ser disposta como barra única ou múltipla no sentido transversal e longitudinal.

Lajes nervuradas

Elas possuem nervuras, ou vigas, que são incluídas na parte superior da laje, a fim de aumentar sua rigidez e resistência. Isso permite que a laje suporte cargas mais elevadas do que uma laje plana simples, e permite que a espessura da laje seja reduzida.

As lajes nervuradas podem ser classificadas como sendo de dois tipos: lajes nervuradas simples e lajes nervuradas compostas. As lajes nervuradas simples são feitas de um único material, geralmente concreto, enquanto as lajes nervuradas compostas são feitas de uma combinação de concreto e aço. As lajes nervuradas compostas tendem a ser mais resistentes e mais leves do que as simples.

Uma vantagem das lajes nervuradas é que elas permitem uma maior flexibilidade na distribuição das cargas, o que pode tornar a estrutura mais eficiente. Além disso, as nervuras permitem que as lajes nervuradas sejam projetadas com uma menor espessura, o que pode levar a economias significativas de materiais.

Porém, a fabricação e montagem das lajes nervuradas é mais complexa do que as lajes planas, devido a necessidade da utilização de moldes e ferramentas específicas. A desmontagem desses moldes tem que ser criteriosa para não danificar a nervura.


Elas são uma opção estrutural eficiente para edifícios de concreto, que oferecem uma maior resistência e flexibilidade na distribuição das cargas, mas a produção é mais complexa e exige mais cuidado durante a montagem e desmontagem.

Lajes alveolares

As lajes alveolares de concreto armado são tipos de lajes estruturais que possuem cavidades ou alvéolos no seu interior, a fim de reduzir o peso e melhorar a eficiência estrutural. Essas cavidades podem ser criadas através de diferentes técnicas, como o uso de formas protendidas ou de bloquetes de isopor colocados dentro do concreto enquanto ele ainda está fresco.

Elas são consideradas uma solução estrutural eficiente e com boa relação custo-benefício, pois oferecem grande resistência com um peso significativamente menor em comparação às lajes convencionais. Além disso, essas lajes são menos propensas a fissurações, o que contribui para uma maior durabilidade e menor necessidade de manutenção.

Uma desvantagem das lajes alveolares é que o processo de fabricação pode ser mais complexo e requer mais atenção. Isso é especialmente verdadeiro se as cavidades forem criadas com formas protendidas, pois essas formas precisam ser inspecionadas e mantidas regularmente.

Outra possível desvantagem é que as lajes alveolares podem ser mais difíceis de modificar ou adaptar às necessidades específicas de um projeto, pois as cavidades são uma característica integral da estrutura.


No entanto, são uma opção estrutural eficiente, com boa relação custo-benefício, que oferecem grande resistência com um peso significativamente menor em comparação às lajes convencionais, mas o processo de fabricação pode ser mais complexo e requer mais atenção. Além disso, essas lajes podem ser mais difíceis de modificar ou adaptar a projetos específicos.

Lajes pré-fabricadas

As lajes pré-fabricadas de concreto armado são lajes produzidas em fábrica e depois transportadas para o local de construção para serem instaladas. Elas podem ser usadas como elementos estruturais primários, como lajes de cobertura ou pisos, ou como elementos estruturais secundários, como vigas ou pilares.

Uma vantagem das lajes pré-fabricadas é que elas podem ser produzidas de maneira rápida e precisa, com menos erros e desperdício, e ainda podem ser fabricadas com maior resistência e qualidade, devido aos processos de produção estáveis e controlados. 

Além disso, a fabricação das lajes pré-fabricadas pode ser feita independentemente do andamento da construção, o que permite ganhos de escala e agilidade no processo construtivo.

Outra vantagem é que, como as lajes são pré-fabricadas, elas podem ser projetadas e produzidas com as características específicas de cada projeto, o que permite maior flexibilidade e adaptabilidade. Além disso, a instalação das lajes pré-fabricadas é geralmente mais rápida e fácil do que a instalação de lajes convencionais, pois elas já vêm com as dimensões e características exatas do projeto.

Porém, as lajes pré-fabricadas requerem um transporte adequado, devendo serem transportadas com o cuidado adequado para evitar danos, e ainda, uma preparação adequada no local de construção para que a instalação seja realizada de forma segura e correta. Além disso, a logística de transporte e armazenamento pode aumentar o custo inicial do projeto.


Portanto, são produzidas de maneira rápida e precisa, com maior resistência e qualidade, e a instalação é geralmente mais rápida e fácil do que a instalação de lajes convencionais, mas requer transporte e armazenamento adequado, e pode aumentar o custo inicial do projeto.

Como fazer laje de concreto armado?

A construção desse tipo de estrutura requer cuidado e precisão para garantir a segurança e a eficiência estrutural para que não venha a apresentar problemas futuros. 

Lembrando que esse passo a passo abaixo mostra as fases geral da construção, mas que cada tipos de laje tem suas peculiaridades e deve ser seguida conforme o fabricante indica;

1 - Preparar o terreno: 

O primeiro passo é preparar o terreno para a construção da laje. Isso inclui nivelar o solo, colocar uma camada de terra compactada e, se necessário, colocar uma camada de pedra britada para drenagem.

2 - Instalar a forma: 

Em seguida, é preciso instalar a forma para dar forma à laje. Isso geralmente é feito com madeira ou plástico, e a forma deve ser nivelada e alinhada corretamente para garantir que a laje tenha as dimensões corretas.

3 - Instalar a armadura: 

Antes de adicionar o concreto, é necessário instalar a armadura de aço. A armadura deve ser cortada e ajustada para as dimensões da laje e posicionada de acordo com o projeto estrutural.

4 - Adicionar concreto: 

Depois que a armadura estiver instalada, é possível adicionar o concreto. O concreto deve ser preparado de acordo com as especificações do projeto e despejado na forma. Ele deve ser compactado e nivelado para garantir que a laje seja de espessura uniforme.

5 - Curar a laje: 

Depois que o concreto é despejado, a laje deve ser curada para garantir que o concreto seja curado corretamente. Isso é geralmente feito cobrindo a laje com plástico ou uma camada de água para manter a umidade.

6 - Remover a forma e dar acabamento: 

Depois de cerca de 7 dias, a laje deve estar curada o suficiente para que a forma possa ser removida. Em seguida, é possível dar acabamento na laje, tal como limpeza e juntas de contração.

Espero ter esclarecido muitas dúvidas sobre o que são as lajes de concreto armado, com os seus tipos (maciças, nervuradas, alveolares e pré-fabricadas), as vantagens de cada uma e como executar na obra de construção.

Comentários

voces estao de parabens excelente conteudo com um com facil entendimento me ajuda muito. nota 1000
Unknown disse…
Parabéns para vocês
Unknown disse…
como faço para baixar esse conteúdo?

Postagens mais visitadas deste blog

CIMENTO EMPEDRADO - Saiba o que fazer com o cimento endurecido!

TRAÇO DE CONCRETO - O que é e tabelas com quantidade de material!

Aprenda como medir a ÁREA DE LOTES fora de esquadro!

Medidas dos Canos de PVC - Saiba a Bitola dos Tubos!

Saiba qual a medida e como fazer a massa para reboco!