Viga Bi Apoiada: o que é e como calcular!


planilha para calculo de vigas

As vigas são elementos fundamentais na construção de estruturas, sendo responsáveis por suportar cargas e transmiti-las para os pontos de apoio. Entre os diferentes tipos de vigas, a viga biapoiada é uma das mais comuns e importantes.

Nesta matéria, vamos explorar o que é uma viga biapoiada, como ela funciona, qual  o conceito de engaste e um passo a passo para calcular uma viga biapoiada, incluindo os cálculos necessários para determinar as reações de apoio, os momentos fletores e as forças cortantes ao longo da viga. 

O que é uma viga bi apoiada?

Vigas bi-apoiadas são vigas que são suportadas em suas extremidades por dois apoios. Esses tipos de vigas são comumente usados em estruturas de construção, como pontes, edifícios e outras estruturas que exigem suporte em ambos os lados da viga.

Elas podem ser de diferentes materiais, como madeira, concreto, aço ou outros materiais resistentes. Elas são projetadas para suportar cargas verticais, como o peso de um piso ou de um telhado, e também podem suportar cargas laterais, como ventos ou tremores.

As vigas bi-apoiadas são diferentes das vigas simplesmente apoiadas, que são suportadas apenas em uma extremidade e livre para se mover na outra extremidade. 

A forma e o tamanho dessa estrutura depende da carga que ela deve suportar, da distância entre os dois apoios e das propriedades do material da viga. O projeto de vigas bi-apoiadas deve ser feito por um engenheiro estrutural qualificado para garantir a segurança e a estabilidade da estrutura.

Como funciona uma viga bi apoiada?

A forma como uma viga bi-apoiada funciona depende de uma série de fatores, incluindo o material da viga, a carga que ela deve suportar e a distância entre os dois apoios.

Quando uma carga é aplicada à viga, ela produz forças de compressão e tensão na viga, dependendo da posição da carga. A viga bi-apoiada é projetada para suportar essas forças, distribuindo-as uniformemente entre os dois apoios. Isso faz com que a viga seja relativamente estável e possa suportar cargas pesadas sem se deformar ou se quebrar.

A forma como essa viga suporta a carga também depende do tipo de conexão usado entre a viga e os apoios. Se ela estiver simplesmente apoiada nos apoios, ela será livre e distribuirá a carga uniformemente. Se estiver engastada nos apoios, ela será mais rígida e terá menos movimento em torno dos apoios.

Veja também: pode furar uma viga?

Em resumo, uma viga bi-apoiada funciona suportando a carga aplicada a ela e distribuindo essa carga uniformemente entre os dois apoios. A estabilidade da viga e a forma como ela suporta a carga dependem de vários fatores, incluindo o material da viga, a carga aplicada e a conexão entre a viga e os apoios. 

O que é o engaste na viga?

Uma viga engastada é uma viga que é fixada ou encaixada em um suporte rígido em ambas as extremidades, impedindo que a viga se mova horizontalmente ou verticalmente em relação aos seus apoios. 

Dessa forma, é criado um suporte fixo para a viga, em que ela não pode girar ou deslizar em relação aos seus apoios.

São comuns serem usadas em construções, pois elas fornecem maior estabilidade e resistência, permitindo que a viga suporte cargas mais pesadas do que uma viga simplesmente apoiada. Elas são usadas em uma variedade de aplicações, incluindo pontes, edifícios, estruturas de suporte de equipamentos, entre outras.

A fixação das extremidades da viga engastada pode ser feita com soldagem, parafusamento, chumbamento, dentre outras técnicas e a escolha do método de fixação depende do tipo de material da viga e do suporte, bem como da carga a ser suportada.

É importante lembrar que a viga engastada cria uma conexão mais rígida e fixa do que uma viga simplesmente apoiada, o que pode afetar a forma como a carga é distribuída e pode exigir um projeto estrutural mais detalhado para garantir a estabilidade e segurança da estrutura como um todo.

Como calcular viga bi apoiada?

O primeiro passo para calcular uma viga biapoiada é determinar as reações de apoio nas extremidades. Isso significa descobrir a força que o apoio exerce na viga para mantê-la em equilíbrio. Essa força pode ser calculada usando uma fórmula simples que leva em conta a carga total e a distância entre os apoios.

Com as reações de apoio calculadas, é possível determinar os momentos fletores e as forças cortantes ao longo da viga. Os momentos fletores são os esforços que a viga sofre para se curvar, enquanto as forças cortantes são os esforços que a viga sofre para cortar.

Existem várias formas de calcular esses valores, mas uma das mais simples é usar um gráfico chamado de diagrama de esforços. Esse gráfico mostra os momentos fletores e as forças cortantes em diferentes pontos ao longo da viga. Para construir o diagrama, é preciso usar equações matemáticas simples e seguir algumas regras básicas.

Veja também: como calcular o volume do concreto.

Por fim, é importante verificar se a viga é segura o suficiente para suportar as cargas previstas. Para isso, é preciso comparar os valores obtidos com as especificações do material da viga e as normas técnicas aplicáveis. Se a viga não estiver dentro dos limites de segurança, pode ser necessário fazer alterações na sua estrutura ou escolher um material mais resistente.

Mas, para te explicar um pouco melhor, recomendo que assista o vídeo abaixo onde o engenheiro mostra na prática como realizar esse cálculo bem detalhado, aplicando os dados na planilha disponível para download abaixo.

Certo! Agora vamos começar o que interessa!
Para baixar a planilha CLIQUE AQUI.

Após baixar a planilha no seu celular, tablet ou computador, você precisará aprender a usa-la, pois ela não é tão simples. 


Comentários

  1. como calcular uma viga em balanço nessa planilha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que vai mudar, na verdade, é de como os esforços são distribuídos

      Excluir
  2. Não consigo mudar os valor (editar), fala que o Excel é só para visualizar.

    ResponderExcluir
  3. Nao consegui baixar a planilha, ela nao vem completa, alguem poderia me ajudar?

    ResponderExcluir
  4. Para compreender o que um momento fletor e a força cortante...deveria ter previamente um conhecimento de MECANICA RACIONAL ,o que dificulta a compreensão para um neófito !

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

110 Volts ou 220 Volts: saiba porque existe diferença de tensão em alguns estados.

TRAÇO DE CONCRETO: o que é e tabelas com quantidade de material!

Aprenda como tirar o esquadro de um terreno!

Como consertar porta de madeira lascada, passo-a-passo!