Qual a diferença entre Mármore e Granito? Mais caro e mais barato?


diferença marmore granito

Você sabe diferenciar ou dizer a diferença entre as pedras de mármore e de granito? Se não sabe, então veio ao lugar certo para esclarecer a dúvida.

Sempre que as pessoas vão fazer uma construção ou reforma, o momento que elas ficam com mais dúvidas é na hora de escolher os acabamentos, desde os diferentes tipos de pisos, revestimentos, tintas e outros. 

Portanto, estamos trazendo um vídeo para esclarecer algumas dúvidas sobre pedras, mais especificamente sobre mármore e granito. Entenda quais são as diferenças, as vantagens e desvantagens de cada pedra e qual a melhor opção para utilizar na sua obra para nunca mais se confundir ou errar quando ver esse tipo de material ou decidir comprar, evitando de pagar um preço mais caro por algo que deveria ser mais barato.

O que é Mármore?

O mármore é uma rocha metamórfica formada a partir do calcário que foi submetido a altas pressões e temperaturas ao longo de milhares de anos. Essas condições extremas causam uma reestruturação da composição química e mineral da rocha original, criando novas texturas, padrões e cores.

pedra Mármore

O mármore é caracterizado por sua aparência suave, uniforme e elegante, com veias coloridas e uma textura sedosa ao toque. É uma rocha relativamente macia e porosa, o que a torna suscetível a arranhões e manchas causadas por água e outras substâncias.

Ele é amplamente utilizado na construção civil, principalmente para revestir paredes, pisos, escadas e bancadas de banheiro. Também é usado em objetos de decoração, como estátuas, mesas, pias e outros elementos arquitetônicos.

O que é granito?

O granito é uma rocha ígnea formada a partir do resfriamento e solidificação do magma abaixo da superfície terrestre. É composto principalmente de feldspato, quartzo e mica, e apresenta uma textura granulada e uma ampla variedade de cores e padrões.

pedra Granito

O granito é uma rocha muito resistente e durável, capaz de resistir a altas temperaturas, pressões e impactos. É menos poroso e mais denso que o mármore, o que a torna menos suscetível a manchas e arranhões. 

Sem contar que o granito é altamente resistente a ácidos, o que o torna uma escolha popular para bancadas de cozinha, onde poderá respingar molho de comida, gordura de fritura e apoiar alimentos.

Veja também: como tirar mancha do piso.

Ele é amplamente utilizado em aplicações de construção civil, como pisos, paredes, bancadas e revestimentos externos. Também é comum em monumentos, estátuas, placas e outras peças decorativas.

Diferenças de mármore e granito

São dois tipos de rochas naturais amplamente utilizados em diversas aplicações, desde a construção civil até a decoração de interiores. Embora ambos sejam pedras naturais, apresentam características diferentes em termos de origem, composição, aparência e uso.

1 - Composição:

O mármore é uma rocha metamórfica composta principalmente de calcita, um mineral de carbonato de cálcio. O calcita se forma a partir de calcário que é submetido a altas temperaturas e pressões no interior da crosta terrestre. 

Por outro lado, o granito é uma rocha ígnea composta principalmente de quartzo, feldspato e mica. Ele se forma a partir do resfriamento e solidificação do magma ou lava na superfície da Terra.

2 - Dureza:

O granito é uma pedra mais dura e resistente do que o mármore. Isso se deve à sua composição cristalina, que lhe confere uma alta densidade e resistência ao desgaste.

O granito tem uma dureza de cerca de 6 a 7 na escala de Mohs, enquanto o mármore tem uma dureza de cerca de 3 a 4. Isso significa que o granito é mais difícil de riscar e quebrar do que o mármore.

3 - Porosidade:

O mármore é mais poroso do que o granito, o que significa que é mais suscetível a manchas e danos causados por ácidos. A porosidade do mármore varia de 0,5% a 2,0%, enquanto a porosidade do granito é de cerca de 0,5% ou menos. Isso significa que o granito é mais resistente a manchas e requer menos manutenção do que o mármore.

4 - Aparência:

O mármore é conhecido por sua aparência elegante e sofisticada, com veios distintos e cores variadas. Esses veios são formados por minerais que foram adicionados à rocha durante o processo de formação. Ele pode ser encontrado em uma ampla gama de cores, incluindo branco, preto, cinza, rosa, verde e amarelo. 

O granito tem uma aparência mais uniforme, com padrões e cores que dependem da sua composição mineral. Ele pode ser encontrado em uma ampla gama de cores, incluindo branco, preto, cinza, rosa, vermelho, verde e marrom.

5 - Aplicações:

O mármore é frequentemente usado em pisos, paredes, bancadas de cozinha e banheiro, bem como em esculturas e monumentos. Ele é valorizado por sua beleza e sofisticação, mas é menos resistente a danos e manchas do que o granito. 

O granito é usado principalmente em bancadas de cozinha e banheiro, revestimentos de parede e piso, e em monumentos. Ele é valorizado por sua durabilidade e resistência ao desgaste.

Qual mais caro e qual mais barato?

Está querendo fazer uma pia de banheiro ou da cozinha e está em dúvida entre qual dos dois modelos de pedra escolher, pois não sabe qual o preço é mais viável? Quer saber qual deles é mais barato ou mais caro e porque isso acontece?

O mármore é geralmente mais caro do que o granito por vários motivos. Em primeiro lugar, o mármore é considerado uma pedra mais delicada e porosa do que o granito, o que requer cuidados e manutenção especiais durante a instalação e uso, aumentando o custo total do produto. Isso inclui a necessidade de selar a superfície do mármore regularmente para evitar manchas e danos causados por líquidos e ácidos.

O mármore também é uma pedra mais rara e difícil de extrair em grandes quantidades, o que aumenta o seu valor no mercado. O processo de extração do mármore é mais complicado e demorado do que o do granito, pois envolve a localização de grandes blocos de pedra nas jazidas e sua extração cuidadosa sem quebrar ou danificar a rocha.

Outro fator que pode influenciar no preço do mármore é a sua estética. O mármore é frequentemente associado a um alto nível de sofisticação e luxo, o que pode aumentar seu valor percebido e, consequentemente, o seu preço no mercado. 

Isso se deve em parte à sua beleza e elegância natural, que é resultado de seus veios distintos e cores variadas, que são formados por minerais adicionados à rocha durante o processo de formação.

Por fim, a oferta e demanda do mercado também pode influenciar no preço dessas pedras. Se houver uma demanda alta por mármore em um determinado momento, isso pode aumentar o preço da pedra, mesmo que a oferta seja limitada.

Portanto, ao escolher entre um tipo de pedra para um projeto de construção ou decoração, é importante considerar cuidadosamente as necessidades específicas de cada aplicação, bem como o orçamento disponível.

Veja também: 

É importante lembrar que, independentemente da escolha entre mármore e granito, é fundamental manter uma rotina adequada de limpeza e manutenção para garantir a longevidade e a beleza da pedra. Evitar produtos químicos agressivos e limpar imediatamente derramamentos de líquidos pode ajudar a evitar manchas e danos permanentes.

Comentários

  1. Objetivo, esclarecedor. Todas as colocações são ferramentas ótimas para uma melhor realização de um projeto, principalmente para quem não acesso a este universo da construção.
    Agradeço,de verdade, como consumidora. Já economizei muiiiiiiiito com seus posts. Obrigada

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

110 Volts ou 220 Volts: saiba porque existe diferença de tensão em alguns estados.

TRAÇO DE CONCRETO: o que é e tabelas com quantidade de material!

Aprenda como tirar o esquadro de um terreno!

Como consertar porta de madeira lascada, passo-a-passo!